PÁGINA ANTERIOR 38 PÁGINA SEGUINTE

Introdução


1ª Trombeta
2ª Trombeta
3ª Trombeta
4ª Trombeta
5ª Trombeta
6ª Trombeta


Profecias de Daniel
A grande revelação para esses fins dos tempos
O dragão a Mulher e a serpente
O Tempo final
O tempo de uma geração
A guerra das 3 seitas ate o armagedom
1º selo Cavalo Branco
Os 4 cavalos e cavaleiros do Apocalipse
Marca da Besta e o Selo de Deus
O cavaleiro branco com seu Exército
A besta contra o povo santo



18- Naquele dia, os surdos ouvirão as palavras do livro, e os cegos, livres já da escuridão e das trevas as verão.
19- Os mansos terão regozijo sobre regozijo no SENHOR, e os pobres entre os homens se alegrarão no Santo de Israel.

Que tudo seja feito para honra e gloria do Nosso Deus e Pai do nosso Senhor Jesus.
O Cristo Cordeiro, que padeceu na terra por nós, mas subiu ao céu a direita do Pai.
De onde passou a reinar sobre os fiéis na terra.
Ele á de retornar até nós, cheio de poder para julgar os vivos e os mortos.
Após a ressureição dos justos e injustos.

O Dragão, a Mulher e a Serpente!!!
Outra interpretação e soma de tempos sobre: A mulher = religião Judaica; que muitos estão fazendo várias interpretações; do Apocalipse 12: 13 a 18
Ap.12: 13- Quando, pois, o Dragão se viu atirado para a terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho varão;

14- e foram dadas à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse até ao deserto, ao seu lugar, aí onde é sustentada durante um tempo, tempos e metade de um tempo, fora da vista da serpente.
Deserto: Lugar de provação, nesse caso na sua terra natal; como Nação em 1948!
1 tempo é 1 ano, e 3 tempos e meio é a metade de um tempo de 7 anos.
A partir dessa interpretação!
1º tempo 7 anos = de 1941 a 1945 (+ 3 = 1948) a perseguição do Dragão na serpente Adolfo Hitler aos Judeus no holocausto na Europa! Onde a mulher voa ao deserto até ao seu lugar. Em 1948 -
Que é Israel; cumprindo a 3ª visão de Zacarias 2: 1 – 13. Visão de medir Jerusalém V.
4- E lhe disse: Corre, fala a este jovem: Jerusalém será habitada como as aldeias sem muros, por causa da multidão de homens e animais que haverá nela.
6 – Eh! Eh! Fugi, agora, da terra do norte, diz o Senhor, porque vos espalhei, como os quatros ventos do céu, diz o Senhor.

 
PÁGINA ANTERIOR38 PÁGINA SEGUINTE